Dirigindo no Brasil: informações de segurança para motoristas!

Dirigir no Brasil não é para todos. Embora algumas cidades tenham uma tradição de direção mais segura do que outras, o trânsito no Brasil é, no mínimo, indisciplinado e desafia os motoristas com muitas situações adversas.

Viajar pelo Brasil não requer necessariamente um carro. Embora existam poucos trens de passageiros, os ônibus de viagem podem ser muito confiáveis ​​e confortáveis. Um número crescente de empresas de turismo leva os viajantes a lugares que só podem ser acessados ​​por veículos de tração nas quatro rodas.

As maiores cidades têm metrôs e até cidades pequenas possuem sistemas de ônibus

No entanto, há momentos em que um carro alugado – ou emprestado – vem a calhar, por exemplo, em praias onde os autocarros não funcionam frequentemente. Todos os dias, motoristas brasileiros responsáveis ​​precisam enfrentar as condições de tráfego ao seu redor.

Carros

Você pode precisar ou querer fazer o mesmo. Aqui estão alguns detalhes das condições brasileiras de trânsito que você deve conhecer e algumas dicas de segurança para você começar a entender a ficha técnica do carro.

Comportamento de condução no Brasil pode ser perigoso

Um estudo de 2004 do SOS Estradas, um programa de segurança no trânsito patrocinado pelo Estradas.com.br, o maior recurso online de viagens rodoviárias brasileiras, apontou para um número anual de mortes de 42.000 em acidentes de trânsito no Brasil.

Segundo o estudo, 24 mil dessas mortes ocorreram em estradas e rodovias. A SOS Roads vinculou 90% das mortes ao comportamento na estrada e concluiu que uma das razões pelas quais o problema é tão grave é a impunidade.
Roubo de carro e roubo armado

Dirigir um carro no Brasil envolve o risco de roubo e roubo

Embora muitos carros no Brasil não sejam equipados com ar-condicionado, os motoristas das grandes cidades podem manter suas janelas fechadas nos semáforos que são mais perigosos, mesmo nos dias mais quentes, na tentativa de minimizar o risco do próprio carro ou do carro. valor do motorista tirado por um indivíduo armado.

Os motociclistas costumam fazer o caminho entre as pistas quando o tráfego chega ao fim e até mesmo quando está fluindo em velocidade regular. O problema é particularmente sério em São Paulo, onde mensageiros de motocicletas – “meninos de moto” – fazem os movimentos mais arriscados para entregar suas cargas.

Mototaxis, uma alternativa popular ao transporte público não confiável ou engarrafamentos em cidades brasileiras de todos os tamanhos, pode ser tão ousado. Aparentemente, muitos motociclistas de táxi preferem arriscar sua segurança do que se atrasar para o trabalho.

Alguns caminhoneiros no Brasil são motoristas orientados para a segurança que atentam para veículos menores. Outros são pessoas sobrecarregadas ou intoxicadas. Apenas no caso, esteja constantemente alerta para todos os caminhões.

Engarrafamentos

O tráfego lento em diferentes momentos do dia é uma rotina nas grandes cidades brasileiras. Feriados, tempestades e acidentes costumam causar engarrafamentos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Carros

A maioria das ruas em distritos comerciais está cheia de pedestres. Não espere que as pessoas atravessem em travessias de pedestres. Eles podem se esquivar de carros, às vezes parando no meio de uma rua enquanto esperam por uma chance de terminar a travessia – e se você pará-los, você pode causar um acidente porque a maioria dos motoristas não espera que alguém faça isso.

Crianças no Brasil vão à escola por meio dia. Várias escolas secundárias públicas têm aulas em três períodos – manhã, tarde e noite. São quatro vezes diferentes por dia, quando as ruas ao redor das escolas estão cheias de crianças voltando para casa ou esperando o ônibus. Muitas escolas estão localizadas em avenidas movimentadas e podem ter policiais de plantão como guardas de passagem – ou não.

Infelizmente, existem milhares de animais nas ruas do Brasil, colocando o risco de distrações e a necessidade de reflexos afiados.

Manutenção de estradas inadequada

As estradas brasileiras variam de rodovias muito bem cuidadas a estradas com buracos do tamanho de crateras e poços de lama intransitáveis. Os viajantes devem conhecer as condições da estrada.

Em muitas cidades brasileiras, seguir as indicações para o seu destino pode funcionar muito bem por algum tempo, até desaparecerem de repente e você precisar parar em postos de gasolina e bares de beira de estrada para pedir informações – provavelmente de alguém que não fala inglês.

Colisões de velocidade

Como alternativa à contratação de uma força policial maior, muitas cidades no Brasil recorrem a lombadas rápidas. Eles são tão grandes e tão íngremes que parecem cilindros de concreto. Em teoria, as espinhas devem ser pintadas com listras brilhantes e deve haver sinais de alerta, bem como sinais nos solavancos. Mas isso nem sempre acontece.

Os motoristas no Brasil precisam estar preparados para estacionamento paralelo em ruas estreitas enquanto o tráfego espera; manobra em garagens apertadas de shopping center; estacionar longe do seu destino e andar; encontrar uma empresa que venda cartões de estacionamento que devem ser preenchidos e deixados no painel; pagar por um estacionamento com manobrista.

Dirigindo no Brasil: informações de segurança para motoristas!
Avalie este artigo!